Coleção: Kompassus

Sobre o Produtor

Uma parceria entre João Póvoas e Anselmo Mendes, duas grandes figuras da indústria vitivinícola portuguesa, traz-nos um portefólio notável de vinhos boutique de extraordinária qualidade. Um caminho que honra a região da Bairrada como deve ser honrado: com criatividade, mão firme e um talento raro que todos reconhecem. João Póvoas conhece as vinhas da região da Bairrada desde pequeno, dos bons velhos tempos em que ajudava o pai nas vindimas nas férias escolares de verão. O vinho produzido, um dos grandes tintos da casta Baga que se tornou referência na região, contribuiu para as lendárias vindimas do luxuoso Hotel do Bussaco. Com um início tão promissor não surpreende que João Póvoa, então já adulto, tenha acumulado as exigentes tarefas de oftalmologista com o seu amor pela vinificação. Primeiro criou a marca Quinta de Baixo que alcançaria um conjunto notável de prémios e depois, em 2005, vieram estes vinhos Kompassus que rapidamente chegaram ao topo dos rankings em revistas e concursos de vinhos. A coleção inclui vinhos tintos, brancos e espumantes de alta qualidade. A colaboração com o famoso enólogo e produtor Anselmo Mendes reconhecido na Região dos Vinhos Verdes, desde 2012, revela o seu fascínio e conhecimento da região da Bairrada e originou a adoção das castas Verdelho e Alvarinho que atingem uma extraordinária expressividade, frescura e complexidade neste terroir. Este distinto portfólio rendeu uma grande variedade de homenagens. A mais famosa é provavelmente a Coleção Privada Kompassus. Este tinto alcançou o 18º lugar na Revista de Vinhos, a Grande Medalha de Ouro no Portugal Wine Trophy 2016 e o ​​Prémio de Excelência 2016 na revista Paixão Pelo Vinho. Uma casta Baga, feita com uvas de vinhas muito velhas, tem uma consistência notável, exibindo as qualidades superiores da casta. O Blanc de Noirs é um espumante elaborado com castas tintas e foi o único espumante galardoado com o Prémio de Excelência da Revista de Vinhos em fevereiro de 2017. João Paulo Martins elogia-o pela sua delicadeza, estrutura e acidez que revela “uma excelente aptidão gastronómica” ideal para “peixes nobres” ou sashimi. Os vinhos brancos premium das monovarietais Verdelho, Alvarinho e Private Collection são bem conhecidos dos amantes do vinho. O segundo e o terceiro obtiveram 17,5 na Revista de Vinhos, alcançando a categoria Melhor de Portugal em 2016 e o ​​Alvarinho foi eleito “Melhor do Ano e Região” pela mesma revista. O Kompassus Baga 1991 – Colecção Privada, edição exclusiva de 220 garrafas, combina qualidade, preço e fama. Este mono varietal da casta da videira tem o seu nome devido à sua cor intensa, aroma muito fino; é muito complexo na boca e obteve excelentes classificações dos críticos João Afonso (18,5), João Augusto Moreira (98 em 100 pontos) e Luís Lopes (19) nas suas publicações de vinhos. Este percurso notável prevê um futuro radiante para o talento sem fim de João Póvoa e Anselmo Mendes, os dois homens que dignificaram uma região sublime com as suas castas que tocam a perfeição.

10 produtos